Home Literatura, Poesia e Poema

Literatura é arte. É o ato de criar através da palavra. Este o grande sentido de literatura: palavra recriada de forma a provocar o prazer estético.

Quando se escreve um texto, seja ele literário ou não, usa-se como material básico a palavra. Entretanto, um relatório, um ofício, uma carta comercial usam palavras, mas não podem ser considerados literatura. Para isso, é necessário que haja uma elaboração das palavras de forma criativa e inovadora.

O escritor, ou poeta, tem a capacidade de mostrar a realidade que o cerca e, mais do que isso, de recriá-la. E o faz de uma maneira especial porque, ao considerar a época em que vive, tem o dom de colocar na produção a sua própria maneira de “ver” e “estar” no mundo.

A poesia é o estado emotivo ou lírico do poeta ao criar o poema. O texto poético apresenta linguagem conotativa e idéias pessoais do criador com relação a sua realidade.

É importante distinguir poesia de poema. Este é a materialização da poesia, isto é, os versos, estrofes, rimas, pausas melódicas, musicalidade que transmitem o “eu-lírico” do poeta.

Toda poesia é literatura? Com certeza, não. Muitos poemas são criados e demonstram pouco ou nenhum apuro estético. Entretanto, a recíproca não é verdadeira, pois, toda literatura, de todas as épocas ou de toda a história humana, tem a poesia como uma de suas mais importantes manifestações.